Crea-PA da o primeiro passo para á transformação digital dos Recursos Humanos

Acessos: 569

Com o propósito de melhorar e mostrar transparência na gestão interna, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Pará vem buscando soluções que automatizem os processos de recursos humanos e departamento de pessoal, focando na integração de informações.

Atualmente essa gestão é realizada por três plataformas diferentes, que não possuem tramite de informações entre elas. Pensando em maneiras de integrar essas informações, o Conselho manifestou interesse e realizou parceria com Grupo Zahi, que é detentora da representatividade do sistema Benner de RH, uma das maiores fornecedoras de tecnologia em recursos humanos do País.

A aquisição da plataforma de gestão Benne, irá trazer uma serie de benefícios nas demandas trabalhadas pelo RH em relação ao controle de ponto, folha de pagamento, transparência nas informações de gestão e ponto com georreferenciamento para as inspetorias, que hoje utilizam o ponto manual.

Sobre a visão da área de Tecnologia da Informação, a implantação do Benner ira trazer um ganho de desempenho nos processos executados pelo RH, de acordo com o Analista de TI Ray Fran Pires.

 - essa nova aquisição irá trazer um ganho exponencial na gestão e aprimoramento do RH. Sendo um sistema em nuvem, vinculamos mais segurança e governabilidade
às informações estratégicas do Crea-PA – concluiu Ray Fran.

Com essa modernização o funcionário também ganhará mais controle sobre essas informações, com mais transparência, assertividade e com comunicação direta e simplificada para o colaborador.

A transformação digital do RH é uma métrica que vai auxiliar a compreender, formalizar e comunicar os principais componentes do processo que necessitam ser melhorados ou simplesmente extintos. Com a aquisição da tecnologia os Recursos Humanos vão ter um ganho na qualidade das informações e do trabalho realizado pelo departamento.

Para a analista de RH Alane Cruz, o novo sistema pode auxiliar além das integrações de informações e diminuição do controle manual de ponto, mas também nas relações dos colaboradores.

 - O sistema vai nos auxiliar na melhora das relações internas, com avaliações de desempenho, clima organizacional e diversas pesquisas no que tange os relacionamentos, comportamentos e gestão de pessoas – finalizou Alane.

O novo sistema entrará em fase de testes, sem data de lançamento definida.