Crea-PA e Adepará assinam e oficializam Termo de Cooperação Técnica

Acessos: 459

Em uma reunião realizada na manhã desta sexta-feira, 21 de dezembro, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Pará (Crea-PA) assinou um Termo de Cooperação Técnica com a Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará), para intensificar fiscalizações e promover a troca de informações entre os órgãos.

Segundo o presidente do Crea-PA, Renato Milhomem, o Termo é um dos mais importantes já assinados até o momento.

- Vem corroborar com as ações do Crea-PA, em conjunto com a Adepará, naquilo que diz respeito à proteção social, em relação a defensivos agrícolas, que é um problema grave que o campo vem sofrendo. Então nós vamos intensificar a fiscalização. É a continuação de um trabalho que já vem sendo feito, só que agora será de forma mais intensiva e eficaz, tendo a expertise da Adepará em conjunto conosco – disse o Presidente do Crea-PA, Renato Milhomem.

O Termo de Cooperação Técnica tem por objetivo a fixação de critérios e normas de ação conjuntas, visando o apoio mútuo na área de Fiscalização do Exercício Profissional, especialmente na área de agrotóxicos e afins. As ações serão desenvolvidas e executadas nas revendas de agrotóxicos, empresas prestadoras de serviços na aplicação desses produtos e propriedades rurais fixadas no Estado do Pará. Visa, também, a troca de informações técnicas e profissionais entre as partes.

- Se está dando um passo adiante, a partir do uso de uma ferramenta que vai fazer com que tenhamos, on-line, tudo o que está acontecendo em relação ao uso de inseticida, fungicida e pesticida dentro do Estado do Pará. Nós vamos ter um controle mais efetivo e eficiente desses produtos, que podem causar um impacto grande na área, tanto ambiental quanto social do ser humano. É importante que o Crea-PA, como agente normatizado e fiscalizador da atividade profissional, tenha a condição de acompanhar o uso do pesticida. Só quem pode fazer esse uso é quem está devidamente credenciado pelo Conselho. Isso vai fazer com que tenhamos a sensação de estar colocando alimentos limpos e inócuos na mesa do consumidor. Esse é o papel das duas autarquias que se cruzam no que diz respeito à segurança alimentar – ressaltou o Diretor Geral da Adepará, Luiz Pinto de Oliveira.

A reunião aconteceu na Sede da Adepará. Estiveram presentes, na assinatura, o Presidente do Crea-PA, Renato Milhomem, o Diretor Geral da Adepará, Luiz Pinto de Oliveira, além do Gerente de Área de Defesa Vegetal, Joaquim Lucas.